Nova fazenda de demonstração HORSCH nos EUA

A troca de experiências sempre foi uma das prioridades da HORSCH. Para incentivar ainda mais a comunicação com os agricultores norte-americanos, a HORSCH, além da fazenda de demonstração AgroVation já existente na República Tcheca, agora possui outra fazenda agrícola: a Fazenda AgVision, em Downs, Illinois. Esta fazenda permite tornar a marca HORSCH ainda mais conhecida na América do Norte e se concentrar em questões agrícolas importantes nos EUA. A HORSCH cria este novo centro de competência para conversar com os agricultores e transmitir a eles todo conhecimento agrícola que a HORSCH possui. Além disso, as máquinas podem ser demonstradas na prática. 

Devido à boa infraestrutura, a fazenda AgVision é perfeita para essa finalidade. Está situada no corn belt (cinturão do milho) dos EUA, onde principalmente soja e milho são cultivados. Na fazenda da HORSCH, a variedade será ampliada e serão incluídas a beterraba, o trigo e a canola, para realizar experiências e obter informações com essas culturas na região. A fazenda inclui um prédio administrativo com uma sala de treinamento, uma sala de máquinas com oficina e 66 hectares de área cultivável - o suficiente para realizar testes de campo. A fazenda é gerenciada por Daniel Fulton, que é muito experiente na análise de testes de campo. Para ampliar o conhecimento no setor de Agricultura de Tráfego Controlado (CTF ou Controlled Traffic Farming) nas condições prevalecentes de solo e clima, toda a propriedade já foi convertida para este sistema. Uma plantadeira (semeadora de precisão) de 32 linhas Maestro 32.15 e uma grade de disco Joker serão usadas na fazenda. Em breve outras máquinas HORSCH, como um pulverizador HORSCH Leeb LT, estarão disponíveis. Nos EUA, atualmente está sendo dada atenção especial ao cultivo de culturas de entressafra. Ainda há muitas questões não respondidas neste setor, pois até alguns anos atrás as culturas de entressafra não desempenhavam um papel importante nos EUA. A HORSCH pode contribuir com seu conhecimento e passá-lo para os agricultores. A semeadura de precisão de grãos finos está se tornando um tema cada vez mais discutido nos EUA e os primeiros testes começarão na fazenda no outono. O objetivo da AgVision é trabalhar sempre de maneira muito dinâmica e testar muitos sistemas agronômicos. Serão realizados até alguns testes com sementes não OGM para compará-las com testes de sementes transgênicas (OGM = organismo geneticamente modificado). A biogenética é fortemente criticada na Europa, mas já faz parte do cotidiano da agricultura norte-americana. Em julho serão realizados os primeiros dias de campo na fazenda AgVision e Michael Horsch será um dos principais oradores.